quinta-feira, 19 de julho de 2007

Sobre a "União Ibérica"

Antes de mais quero deixar uma coisa clara: num país decente, depois das afirmações do Sr.Saramago, seria-lhe retirada imediatamente a nacionalidade portuguesa. Na minha opinião, ele deveria ser enforcado por traição à Pátria mas infelizmente somos um país de brandos costumes.
Jamais uma união entre Portugal e Espanha será aceitável. Primeiro porque Portugal é um país com cerca de 900 anos de História, e Espanha...bem, nem é bem um país, é uma manta de retalhos. Segundo porque são duas culturas completamente diferentes. Terceiro porque, por mais ladrões e vigaristas que os nossos políticos sejam, que o são, pelo menos são os nossos...integração para quê? Para depois sermos roubados pelos espanhóis? Ou os senhores que defendem a União Ibérica acham que Portugal ia ser uma região priveligiada de Espanha?
É que se acham, tenham juízo.
E já agora...se alguém de direito estiver a ler isto, por favor inicie o processo de retirada da nacionalidade ao Sr. Saramago. Penso que é uma excepção que pode ser aberta nestes casos, tendo em conta o previsto na CRP.

1 comentário:

anitah disse...

José Saramago? É deixa-lo por lá...fique por Lanzarote e não venha aborrecer.