segunda-feira, 20 de março de 2006

Sr.Feliz e Sr.Contente

Dizia o Sr.Feliz e o Sr.Contente (Herman José e Nicolau Breyner) em 1977...

Como passa Sr.Contente?
Como está meu caro amigo e bem amado Sr.Feliz tá bom?
Diga à gente, diga à gente
Como vai este país...

Sr.Contente há soluções
de política a acenar
convergências, uniões
onde é que isto vai parar?
Estão a ver se se defendem,
Não arranjem algum drama,
Eles nunca mais se entendem
e a gente é que se trama!

Como passa Sr.Contente?
Sr.Feliz é um prazer!
Diga à gente, diga à gente
Como vai este país...

Ouço falar em censura,
e até dizem: qualquer dia
temos praí ditadura
ou caímos na anarquia...

Não tenha medo que caia
este Governo, no Verão,
vai toda a gente para a praia,
ninguém pensa em revolução!

Como passa Sr.Contente?
Como está Sr.Feliz?
Diga à gente, diga à gente
Como vai este país...

Dizem que há austeridade
Para que a gente se revele
Como um povo com vontade...
Mas que fica só com a pele.

Também li num panfleto,
que dizia sem engano,
deposite o seu esqueleto
damos 10 % ao ano

Como passa Sr.Contente?
Como passa o meu caro amigo Sr.Feliz?
Diga à gente, diga à gente
Como vai este país...
Diga à gente, diga à gente
Como vai este país...

(E o mais giro é que isto foi escrito em 77...não vos parece ligeiramente actual?)

1 comentário:

Susana H. disse...

Grandes momentos, o SR. feliz e o SR contente...=)