quarta-feira, 23 de agosto de 2006

Portuguesismos...

Gostaria de partilhar um excerto de um texto que li, escrito a quando da conferência de reabertura do Centro Académico de Democracia Cristã em 1912 e que, infelizmente, continua estranhamente actual:

"Para o bom português, meus Senhores, a carreira verdadeiramente ideal é aquela que não exija preparação e em que não se faça nada, sob a aparência de que se faz alguma coisa."

Prof.Oliveira Salazar
in Inéditos e Dispersos Políticos I (1908-1928)
Como diria Fernando Pessa: "E esta hein?"

1 comentário:

Sucesso disse...

Pois é... existem coisas que são sempre actuais. Aliás em certas coisas sinto um retrocesso no tempo. Hoje até ja se entendem e dão valor a certos excertos de Aristoteles por exemplo.Das duas uma... ou evoluimos pouco, ou não soubemos desenvolver as coisas passadas. Entao temos de lá voltar e analisar melhor. Tu que és fantasma... deves estar a par e perceber o que digo. Beijinhos