quarta-feira, 5 de julho de 2006

A utilidade da "pluralidade democrática"

«(...)os chamados partidos políticos, (...) por definição e exigências da sua vida própria, não representam nem podem servir a unidade nacional senão precisa e precariamente, quando se unem, ou seja quando se negam».

Prof.Dr.António de Oliveira Salazar

in "Não discutimos a Pátria"

3 comentários:

DJ disse...

O Professor é que sabia! Pena nunca lhe terem dado o devido valor...

sucesso disse...

Desculpa não ter aparecido por aqui mas o tempo tem sido pouco. Obrigada pelas tuas visitas. Deixei uma sugestao no meu blog se quiseres ler... beijinhos

dreams disse...

a verdade é o que mais se contradiz com o decorrer dos tempos...

um beijo doce *
“·.¸Dreams¸.·”